sábado, maio 31, 2014


MANDAGUARI ESTÁ NO PILOTO AUTOMÁTICO

0
A cidade de Mandaguari, desde a administração da ex-prefeita Maria Inês Botelho, 1997-2000, seguida da administração Ari Stroher 2001-2004 e Cileninho 2005-2012. Passou por transformações sem precedentes. A cidade viveu uma nova época, resgatou valores perdidos, prestígio no estado e na federação.
Foram administrações na cidade, que literalmente mudaram a história de Mandaguari em todos os aspéctos, social, econômico e político. A ex-prefeita deu uma roupagem de austeridade para Mandaguari, o Stroher, assumiu o governo da cidade e deu uma continuidade com muita seriedade, realizando muitas obras. Já o Cileninho e Fachini, fizeram oito anos de administração modelo e revolucionária, Mandaguari avançou como nunca em oito anos .
Agora o que é lamentável é que estamos vendo a cidade, como se estivesse no piloto automático. A população legitimou um cidadão para ser o seu gestor  que não está correspondendo à votação monstruosa que obteve na urnas. Os serviços pioraram, sa saúde, educação e no esporte, etc...
Vamos acordar Mandaguari...a proposta era continuar crescendo...o o slogan de que todo mundo é 13 parece que vai culminando num baita azarão.

Ministro ataca críticas de Ronaldo sobre a Copa

0

Ministro ataca críticas de Ronaldo sobre a Copa: 'Foi do comitê e nada falou'. Paulo Bernardo, titular da pasta das Comunicações, vê com estranheza comentários do ex-jogador

ronaldo copa
A vergonha que o jogador Ronaldo assumiu sentir em relação aos problemas constatados nos preparativos para a Copa do Mundo é infundada, na opinião do ministro das Comunicações Paulo Bernardo. Ele rebateu as críticas do Fenômeno cobrando também do ex-jogador responsabilidade na organização do torneio. “Não sei do que o Ronaldo se envergonha. O que vejo é que ele foi membro do comitê local e não falou nada durante esse período todo. E faz cinco anos que está sendo preparada a Copa”, disse o ministro.
Bernardo reconheceu que boa parte das obras projetadas para a Copa não será entregue até a abertura do mundial, daqui a duas semanas. E disse que, durante uma reunião para decidir sobre a preparação do País para sediar o campeonato, alguém propôs, “a sério” que a decretação de feriado nos dias de jogos resolveria o problema de mobilidade.
“Na época, lembro que teve até uma discussão, ainda na gestão do presidente Lula, de que teríamos que investir em mobilidade, metrô, corredor de ônibus, e alguém na mesa disse o seguinte: vamos ser francos, essa história de mobilidade é só decretar feriado no dia e acabou o problema. Vai todo mundo pra casa, não fica carro na rua e acabou o problema de mobilidade. Mas, não queríamos fazer isso. Achamos que era uma oportunidade para colocar recursos em obras de mobilidade”, disse o ministro.
Ele defende que, apesar de não ser possível estipular prazos para a conclusão, os projetos pendentes ficarão prontos depois do campeonato. “Não ficou pronto, mas vai ficar. Vai acabar a Copa e esses investimentos vão continuar”, afirmou, dizendo que “vai dar tudo certo” durante o torneio, inclusive na transmissão de dados e imagens.
Em relação às críticas feitas dos representantes da Fifa, o ministro foi bastante categórico, principalmente na resposta a Jérome Valcke. “Em alguns momentos eles resvalaram para a grosseria. Não vou nem falar que o Valcke queria dar um pontapé na nossa bunda, mas acho que em alguns momentos se portaram de forma bem grosseira. E isso inclusive depõe contra eles, porque todo mundo sabe que cartola de futebol é meio mafioso”, afirmou.
Agência Estado

PF vai investigar Facebook e usuários por ataques ao PT

0

PF vai investigar Facebook e usuários por ataques ao PT. Responsáveis podem ser enquadrados em crimes eleitorais por divulgação de fatos inverídicos

A Polícia Federal (PF) vai abrir inquéritos para investigar a Facebook Serviços Online do Brasil Ltda e pelo menos quatro usuários da rede social por causa de ataques ao PT e ao ex-ministro Fernando Pimentel, provável candidato do partido ao governo de Minas. A decisão de pedir à PF a abertura das investigações é do diretor do Foro Eleitoral de Belo Horizonte, juiz Renato Luiz Faraco, que determinou a remessa de duas notícias crime apresentadas ao Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-MG) pela legenda e pelo pré-candidato.
Em uma das ações, o PT pede que seja apurada a responsabilidade da empresa, responsável pela administração do Facebook, em crimes eleitorais que estariam sendo cometidos por “usuários anônimos”, que usam páginas de grupos da rede social para “caluniar e difamar” o partido. A ação cita os artigos 323 a 326 do Código Eleitoral, que definem como crimes a divulgação de fatos “inverídicos” ou calúnia contra partidos ou candidatos com “fins de propaganda”, além de ataques “à reputação” e ofensas à “dignidade ou decoro”.
Já Pimentel apresentou ação contra os usuários Cristiano Alves Guimarães, Tomas Soares, Lucas Gontijo Guimarães e Carlucio Santos Carvalho. De acordo com o TRE-MG, na notícia crime, o ex-ministro acusa os usuários de promoverem “verdadeiro achaque à sua figura em duas páginas (FanPages)” na rede social. Ainda segundo a Justiça Eleitoral, além deles, a ação também inclui a Facebook Serviços Online do Brasil Ltda. porque “a hospedagem das páginas ofensivas é feita em seus domínios e que, mesmo recebendo várias denúncias, a empresa não teria providenciado, até o momento, a retirada do conteúdo do ar”.
O juiz Renato Faraco seguiu parecer do Ministério Público Eleitoral ao decidir enviar as petições à PF, o que ocorreu no último dia 24, mas a instituição não confirmou se os inquéritos já foram instaurados. O Estado não conseguiu contato com a assessoria da Google Brasil Internet Ltda, proprietária do Facebook, no início da noite desta quinta-feira, 29.
Nas páginas dos usuários na rede social há diversas críticas ao PT e ao menos na de Lucas Gontijo há elogios ao senador Aécio Neves (MG), provável candidato do PSDB à Presidência e principal padrinho político do ex-ministro e também tucano Pimenta da Veiga, principal adversário de Pimentel na eleição estadual. Gontijo é ex-prefeito de Luz, no centro-oeste de Minas, e foi derrotado nas eleições de 2012 ao disputar novamente o cargo pelo PTB, partido da base do governo mineiro.
Agência Estado
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...