quarta-feira, junho 20, 2012


Rolo no PMDB de Curitiba

0


Os caciques partidários enfrentam desafios em Curitiba por parte dos outrora fieis escudeiros. O deputado estadual Stephanes Júnior registrou na segunda-feira (18) em reunião da Comissão Executiva Municipal sua pré-candidatura à Prefeitura, para disputar a indicação com Rafael Greca. Integrante do grupo que defende a aliança com o prefeito Luciano Ducci (PSB), Stephanes diz que a base do PMDB não aceita a candidatura de Greca. Por sua vez, o secretário-geral, Doático Santos, ingressou na Justiça Eleitoral com uma medida cautelar com pedido liminar solicitando a suspensão dos efeitos da convocação da convenção do partido para o dia 23 (sábado que vem). Na ação, Doático também solicita que o juiz eleitoral determine a realização de novo edital, após reunião da comissão executiva municipal do PMDB, em que seja acolhida a deliberação entre a candidatura própria ou coligação partidária para as eleições majoritárias com o PSB.
O senador Roberto Requião, presidente do PMDB de Curitiba, desfechou pelo Twitter uma série de acusações contra aqueles que chamou de “mercadores” da legenda. “Os mercadores de legenda dentro do PMDB de Curitiba passaram de todos os limites éticos”, disse o senador. Ele prometeu “trabalhar a dignidade da candidatura do PMDB em Curitiba”. Mais do que isso, e “em qualquer circunstância”, promete trabalhar “para destruir os mercadores da política”, acentuando que não quer “crer que minha luta pessoal e as tradições de nosso PMDB de Curitiba possam ser compradas por empregos no Estado e na Prefeitura”.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...